(82) 3293.2007 contato@paripueira.al.gov.br

Prefeito de Paripueira cobra ação da Casal para resolver falta de água no município


O prefeito de Paripueira, Haroldo Nascimento, voltou a cobrar da Casal providências no abastecimento de água no município. Segundo Haroldo, a falta de água na cidade tem provocado graves consequências tanto para os moradores em geral, como para a economia e serviços públicos. Dia 30 de outubro passado, ele encaminhou novo ofício à empresa solicitando agilidade na solução do problema. “Chegamos ao nosso limite”, advertiu.

“Somos uma cidade turística, recebemos visitantes de outros municípios, estados e até estrangeiros permanentemente”, acrescentou, informando que para assegurar o abastecimento de água em  pousadas, restaurantes e bares, os empresários investem na compra do produto em estabelecimentos privados. “Isso sem falar nas famílias que sofrem sem água em suas torneiras”, enfatizou Haroldo. No documento enviado à Casal, ele se coloca à disposição para cooperar no que for preciso.

“Essa situação não é nova, a Casal a conhece bem”, salientou ainda o prefeito Haroldo Nascimento. “Não podemos ficar de braços cruzados, esperando que as medidas para resolver definitivamente essa questão cheguem a passos de tartaruga”, disse, destacando que as escolas e unidades de saúde têm sofrido com a falta de água. “Um absurdo que a Casal não tenha até agora conseguido dar um basta nesse sofrimento”, criticou.

Haroldo disse que a Câmara Municipal de Vereadores, o vice-prefeito Alexandre Mendonça e ele, deverão procurar o governador Renan Filho para uma tomada de posição. “Estamos em uma época de alta estação, Paripueira tem sido muito procurada, mas a falta de água está atrapalhando negócios e dificultando a vida de toda a população”, reforçou o prefeito. “Esperamos que esse desabastecimento sistemático fique, o mais breve possível, no passado da nossa cidade”, destacou, por fim, o prefeito.